domingo, 14 de setembro de 2008

CORTE DA EM608 - VALEU A PENA LUTAR!

A luta dos moradores de Coutinho Afonso, Raposeiras, Cortegaça e de outras de povoações afectadas pelo projectado encerramento da EM608 na sua intersecção com a auto-estrada A16, teve resultados positivos.

A reacção rápida dos moradores e das outras pessoas afectadas pela absurda forma encontrada de construir a intersecção das estradas, sem dúvida que teve papel determinante na solução agora anunciada. Certamente que a Câmara (em particular, o seu Presidente) também fez bem o seu "papel".

A notícia no "Jornal de Sintra" do passado dia 12:


No entanto, "quem faz uma...".

Como afirmam os moradores de Raposeiras no seu comunicado de 11 de Setembro, o melhor é mesmo estar atento...

1 comentário:

Anónimo disse...

Boa tarde,

É com imenso prazer que descubro um blog sobre o Coutinho Afonso, tenho que dar os parabéns a esta iniciativa.

Em relação à movimentação da população em geral e especialmente a dos moradores do Bairro das Raposeiras e da sua Associação, lamento que apenas tenham tido este tipo de iniciativa por causa de um corte de uma estrada, quando existem problemas bem mais importantes para resolver, como a construção de uma ETAR, prometida à vários anos, que irá servir todas a povoações locais, erradicar os Sucateiros desta zona ou pelo menos obriga-los a cumprir a legislação em vigor e finalmente e não menos importante a entrega de um bairro que tem a sua obra concluída à mais de 10 anos, obra comparticipada em 30% pela Câmara Municipal de Sintra e, nunca mais é recebido pela Autarquia local, como alguém dizia, "Após parto difícil, a sua progenitora não quer receber nos seus braços o seu filho", é de lamentar.

Todas estas situações são do interesse de grande parte da população local, para além de ser um direito de todos nós, municipes e eleitores deste Portugal dito Europeu.