sábado, 30 de maio de 2015

50.º aniversário da greve dos trabalhadores dos mármores

No dia 19 de maio passaram 50 anos sobre a greve dos operários dos mármores de Pero Pinheiro e Montelavar.

A Junta de Freguesia/União de Freguesias de Almargem do Bispo, Pero Pinheiro e Montelavar não deixou passar em claro este aniversário e realizou uma exposição, patente até hoje no Edifício Multiusos/Mercado de Pero Pinheiro, e assim noticiada na página de Facebook:


GREVE DE 19 DE MAIO DE 1965 – EXPOSIÇÃO 50 ANOS DEPOIS
A greve que marcou uma geração de trabalhadores e mudou o rumo da indústria do mármore é assinalada através de uma exposição de artigos jornalísticos da época, publicados em periódicos na clandestinidade. 
A exposição está patente ao público no Edifício Multiusos de Pêro Pinheiro, desde amanhã, dia 19 de Maio até dia 30 de Maio e de 12 de Junho a 14 de Junho, no Jardim do Rossio, em Montelavar.
Desta forma, a União de Freguesias pretende homenagear todos quantos lutaram naqueles dias, enfrentando o regime, por melhores salários, por melhores condições de vida.



A iniciativa é muito, muito meritória mas, perdoem-nos, as comemorações deste importante evento histórico nacional, sublinhamos, nacional, merecia mais. A exposição resume-se a algumas cópias de panfletos e de artigos da imprensa clandestina da época, em especial do Partido Comunista Português (cujos arquivos são, como se verifica, merecedores do maior respeito e consideração).

No nossa opinião, existem outros "poderes públicos" com redobradas obrigações, e capacidades, para uma comemoração ainda mais digna deste facto da nossa história, ao nível municipal e nacional. 

Fotografias da exposição:














 

Sem comentários: